Você está em: Home > Notícias
Baixada Santista recebe as primeiras Etecris do Estado
Divulgue no FaceBook Divulgue no Twitter Envie por e-mail
28/09/2017

Fonte: Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação (SDECTI)

 

O vice-governador e secretário de Desenvolvimento, Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação do Estado de São Paulo (SDECTI), Márcio França, inaugurou nessa quarta-feira, (27/09), nas cidades de Santos e São Vicente, as duas primeiras unidades da Escola de Técnicas de Economia Criativa (Etecri), espaço de ensino inovador que oferecerá cursos de qualificação profissional voltados a economia criativa, além da promoção do desenvolvimento produtivo de jovens e adultos.

Executados pelo Centro Paula Souza, os cursos de Práticas em Mídias Sociais, Técnicas de Web Design, Técnicas de Design de Moda, Vitrinista, Grafite, Recreacionista e Food Styling – Gastronomia estão com as inscrições abertas e serão oferecidos para maiores de 16 anos e desempregados, com duração de até três meses e carga horária entre 100 a 160 horas/aula. Cada instalação, que teve o investimento de R$ 984 mil, conta com um laboratório de informática, um laboratório multifuncional e salas de aula.


Com metodologia ativo-participativa por meio de dinâmicas de grupo, exposição dialogada e complementada com material didático e vídeo institucional, a ação busca oferecer uma formação inicial relacionada com as áreas da economia criativa, setor crescente no Brasil e no mundo. A proposta é garantir preparo profissional que acompanhe o avanço da tecnologia e as últimas tendências de mercado.

Para França, o início das Etecris proporcionará um preparo diferenciado diante da informatização e consequente diminuição de mão de obra em algumas atividades profissionais. “O salário médio de quem trabalha com economia criativa é 25% acima da média, e o Estado já tem 1 milhão de pessoas empregadas na área. Desta forma, a inauguração dessas duas primeiras escolas será o pontapé inicial para ampliar as estatísticas e preparar pessoas para funções que não dependam de máquinas, e sim do capital intelectual, inovação e criatividade”, destaca.


Ao todo, serão cinco escolas pelo Estado nas cidades de Santos, São Vicente, Campinas, São Bernardo do Campo e Presidente Prudente, que contarão com 1.200 vagas/ano em cada município, gerando um total de seis mil vagas. As primeiras unidades inauguradas estão localizadas na Avenida Afonso Schimidt, 1171 - Castelo, Santos, e Avenida Nações Unidas, 1714 - Vila Margarida, São Vicente.

As inscrições são gratuitas e devem ser realizadas pelo site www.viarapida.sp.gov.br.
 
Informações à imprensa:
Alex Sallai / Jaqueline Soares
Fones: (11) 3718-6607 / 6608 / 6609
Assessoria de Comunicação - Secretaria Estadual de Desenvolvimento 
Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação

TWITTER
FACEBOOK